Notícias

11 maio 2022

e-Safer investe no segmento de SSL

Fundada em 2010 por Eder Souza e William Bergamo, a e-Safer hoje está entre as principais empresas brasileiras especializadas em soluções  completas de cibersegurança e transformação digital, agora investe na oferta do protocolo de segurança TLS – Transport Layer Security, o protocolo que substituiu o SSL – Secure Sockets Layer.

Desde o início de sua operação, a e-Safer já atendia grandes bancos, seguradoras e empresas de varejo. Com o avanço global da digitalização somado as necessidades de adequação às leis de privacidade e proteção de dados, o perfil de clientes foi sendo ampliado.

Nossas soluções de Transformação Digital atendem empresas dos  mais diversos segmentos e portes que precisam estabelecer níveis de governança, gestão, segurança jurídica e proteção de dados para os seus processos de negócio, possibilitando o envio de mensagens e documentos eletrônicos com valor jurídico em diversos canais digitais, além de disponibilizar uma esteira completa para o onboarding digital de clientes”, declara William Bergamo.

Segundo o executivo, saúde, comércio e empresas de governo, são áreas de atuação que reúnem informações sensíveis e financeiras em grande volume que podem ser utilizadas por fraudadores para obtenção de dados com o objetivo de venda-las no mercado do cibercrime ou em ações de Ransomwares.

O segmento financeiro continua representando o maior percentual dentre os segmentos atendidos aqui na e-Safer, mas agora atendemos também as organizações vindas dos setores de serviços, indústria e comércio e governo”, declara William Bergamo.

Nosso maior crescimento nos últimos dois anos se deu mesmo nas áreas de saúde e comércio” complementa William.

Com a aceleração mundial da transformação digital, a entrada de leis de privacidade e proteção de dados e, adicionalmente, a ação de cibercriminosos cada vez mais capacitados, fez com que as empresas começassem a entender que investir em segurança digital é contribuir para a permanência das corporações no mercado.

“Tendo em vista a crescente demanda do mercado de cibersegurança e de transformação digital, nós na e-Safer reunimos soluções de empresas globais e estamos em processo de aquisição de empresas brasileiras, para oferecer um portifólio de amplo e interoperável entre si” explica Eder Souza.

Segundo Eder, contratar soluções interoperáveis agilizam a implantação do projeto e, na maioria das vezes, gera economia de investimento também.

Segundo o executivo, a e-Safer atende empresas dos mais diversos segmentos e portes que precisam estabelecer níveis de governança, gestão, segurança jurídica e proteção de dados para os seus processos de negócio,

“As empresas buscam soluções quase que “imediatas” para proporcionar mobilidade aos colaboradores, agilidade no fechamento de negócios para promover a transformação digital e, por outro lado, soluções que possibilitem o sigilo e a rastreabilidade para atender as conformidades com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. As implementações precisam ser rápidas”, declara William Bergamo. “Por isso nesses últimos anos investimos em consolidar parcerias, reforçar nosso time de PSOs – Professional Services Officers e eliminar gargalos para a implementação”, complementa.

Segundo Eder Souza, um dos recursos comuns a praticamente todas as ferramentas de cibersegurança e transformação digital é o protocolo TLS – Transport Layer Security, o protocolo que substituiu o SSL – Secure Sockets Layer.

O SSL é um protocolo de segurança que estabelece um canal seguro para manter informações em trânsito e em repouso seguras de acessos não autorizados.

Esse protocolo estabelece, por meio de criptografia, segurança nas interações entre M2M – máquina a máquina, P2P – pessoa a pessoa, M2P – máquina a pessoa e P2M pessoa a máquina, explica Eder Souza

Segundo o executivo, “Incluímos em nosso portifólio as soluções de SSL porque nossos clientes demandam mais informações sobre tipos de certificados para suas aplicações, assim como, a construção da estratégia de implementação e até mesmo a instalação dos Certificados”. Por essa razão, vimos a oportunidade de atuar nesse mercado pra valer, atender muito melhor nossos clientes e gerar nova fonte de receita para a empresa.

A e-Safer montou um centro de operações para venda, validação e emissão, instalação e suporte para as soluções de SSL/TLS. E oferta  o mais completo portifólio de Certificados TLS/SSL de Raiz Internacional e, para atender complementarmente ao mercado, a empresa também emitirá os certificados SSL da raiz ICP-Brasil atendendo dessa forma o mercado financeiro para aplicações do BACEN – Banco Central do Brasil.

A e-Safer é uma das poucas empresas que emitem e instalam por exemplo os certificados para as EEA que são Entidades Emissoras de Atributos, assim como para as ACTs – Autoridades Certificadoras de Tempo.

A e-Safer lança seu Selo de Site Seguro

A e-Safer lança seu próprio selo de Site Seguro que sinaliza aos visitantes dos sites que aquele ambiente é um ambiente que zela pelo sigilo das informações trocadas e que identifica de forma inequívoca a identidade da empresa proprietária do site.

Sobre e-Safer

Empresa brasileira especializada na entrega de soluções completas de Cibersegurança, Transformação Digital e Certificados SSL/TLS para o mercado corporativo.

Desde 2010, a e-Safer mantém a mais experiente equipe de PSOs do mercado brasileiro de segurança digital capacitada para atender clientes de forma ágil implementando soluções inteligentes, inovadoras e completas.

A experiência da e-Safer somada às suas soluções, otimiza os processos de negócios das empresas assegurando a proteção de dados e informações para atender as exigências técnicas e regulatórias em um mundo cada dia mais digital e conectado.

Adicionalmente, a e-Safer dispõe de uma plataforma de RPA as a Service que garante a automação dos mais diversos processos de negócio, entregando mais eficiência e reduzindo custos operacionais. E, de toda a linha de Certificados SSL/TLS de Raiz internacional e ICP-Brasil, incluindo os certificados específicos para atender ao BACEN, assim como, certificados de assinatura de código, certificados pessoais e de atributos para projetos corporativos.